Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

poema de fernando pessoa

 

Sim, sei bem
Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
Que nunca terei uma obra.
Sei, enfim,
Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esta paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser.

 

Fernando pessoa....

 

 

Acho que me consigo reconhecer aqui neste texto neste mesmo momento....

perspectiva de Imike às 02:25
link do post | A tua perspectiva... | favorito
2 comentários:
De pensamentovadio a 19 de Julho de 2008 às 17:57
Tal como Fernando Pessoa se enganou ao dizer que ele nunca seria ninguém também certamente te estás a deixar influienciar pelo momento. pensa que ele disse que nunca seria ninguém e é simplesmente um dos maiores poetas portugueses.
De anamariacharrua a 21 de Julho de 2008 às 23:35
Todos nos reconhecemos neste texto...é a nossa frustação de querer agradar ao mundo quando só temos de agradar a nós próprios....

Comentar post

.Just me!!!!

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Perspectivas recentes...

. Foto do dia

. Apaixonado

. divagações

. Indignação..

. Bocage

. ...

. Férias...

. porquê?

. Looking back....

. Desabafo II

. poema de fernando pessoa

. desabafo

. lago ácido...

. Afinal havia outra...

. Meninas...vocês são mesmo...

.Memórias

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds